Modalidades

Sapateado

O Sapateado é uma modalidade da dança que tem os pés como seu principal meio de execução.

São usadas  programações, metodologia didática e materiais apropriados para que o aluno desenvolva sua consciência corporal e tome gosto pela arte. 

Nunca é tarde para se iniciar esta prática tão prazerosa que ajuda no desenvolvimento do raciocínio, coordenação motora, fortalecimento e relaxamento muscular, equilibrio, agilidade e reflexos.

É um misto de rítmo, som e técnica, movimento e estilo.

É uma dança alegre que libera o puro prazer de seus praticantes e, sem dúvida, faz os pés cantarem. 
O sapateador produz sua própria música.

O Sapateado é uma forma de expressão pessoal onde o improviso estimula a criatividade. 

Não há quaisquer restrições quanto à idade, sexo ou peso para praticar o sapateado.
 

Contemporâneo

O Contemporâneo é tido como livre expressão de movimento, não tem limitações e utiliza diversas linguagens, é uma maneira de dançar de acordo com os nossos dias.

A dança contemporânea começou por se definir, desenvolvendo uma linguagem própria, embora algumas vezes faça referência ao ballet clássico.

Mais que uma técnica específica, a dança contemporânea é uma coleção de sistemas e métodos desenvolvidos a partir da dança moderna e pós-moderna
 

Ballet Clássico

O Ballet Clássico nos leva a outros mundos e épocas. É algo além da nossa vida diária.Usa muitas convenções e é isso que o faz claro e compreensível, sem que se precise da linguagem ou de outras formas de comunicação.

Embora o ballet tenha nascido na Itália, foi a França que ficou conhecida como a pátria do ballet; por isso, os passos têm nomes franceses.

O ballet clássico não é uma atividade exclusiva para crianças e jovens. É uma excelente opção de exercício para quem deseja ter um físico saudável e uma mente tranquila.

O ballet clássico é uma atividade física que, além de servir como base para as mais diversas danças, propicia a conscientização corporal, evitando assim os vícios posturais ou problemas causados pelo sedentarismo.

O curso se destina a crianças – partir de 4 anos de idade – adolescentes e adultos que poderão beneficiar-se com:
Tátil: sentir os movimentos, Visual: ver os movimentos, Auditivo:ouvir a música, Cognitivo: raciocínio, Motor: esquema corporal, Afetivo: emoções.
 

Baby Class

O curso de Baby Class é voltado para crianças a partir dos 4 anos de idade, ele desperta o gosto pela dança e pela própria expressão a partir do próprio corpo.

A criança que pratica uma atividade física, tem uma vida mais saudável. A dança, particularmente, é rica em estímulos os mais variados: 

Tátil:sentir os movimentos, 

Visual: ver os movimentos, 

Auditivo: ouvir a música, 

Cognitivo: raciocínio, 

Motor: esquema corporal, 

Afetivo: emoções.

À partir de atividades lúdicas e descontraídas, a criança tem seu primeiro contato com a técnica clássica e noções de uma postura correta.
 

Jazz

O Jazz possui um estilo mais vibrante, mais solto e descontraído e tem como características marcantes a força, a energia, a audácia e a sensualidade. É uma “explosão” de movimentos.

Como todo o exercício aeróbico, ativa a circulação, aumenta a resistência física e proporciona maior agilidade ao mesmo tempo que contagia com os ritmos musicais trabalhados.

Os benefícios adquiridos com essa atividade desenvolve principalmente, o equilíbrio corporal, a postura e a coordenação.

Danças Urbanas

 

Hip Hop
É um gênero musical, com uma subcultura iniciada durante a década de 1970, nas áreas centrais de comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas da cidade de Nova York. Foi estabelecido quatro pilares essenciais na cultura hip hop: o rap, o DJing, o Breakdance e o graffiti. 

Desde quando surgiu primeiramente no Bronx, a cultura hip hop se espalhou por todo o mundo. No momento em que o hip hop surgiu, a base concentrava-se nos disc jockeys que criavam batidas rítmicas chamadas “loop” (pequenos trechos de música em repetições contínuas) em dois turntables, que atualmente é referido como sampling. Posteriormente, foi acompanhada pelo rap (abreviatura de rhythm and poetry ou ritimo e poesia em inglês) com uma técnica vocal diferente para acompanhar os loops dos DJs. Junto com isto, surgiram formas diferentes de danças, como a breakdance, o popping, locking, waacking, house, freestyle, dancehall, street jazz, a cultura urbana está em constante desenvolvimento, por ser uma dança "improvisada", é sempre aberta a novos estilos e novos experimentos.